Aqui vamos repassar experiências,uma troca:Aprendendo juntos,nossa nova interação. Informática educ

sábado, 12 de março de 2011

Fundamental anos iniciais


Ano1
   1. Identifique os componentes de um computador (monitor, teclado, unidade de disco, proprietário de CD, impressora) 
   2. No teclado, identifique números, cartas, e outras chaves comumente usadas como RETURN/ENTER, tecla de espaço, etc. 
   3. Demonstre uso correto de hardware e software 
   4. Complete comendo antes de usar um computador 
   5. Teclas de computador de imprensa suavemente 
   6. Deixe lápis e creiom às mesas de trabalho 
   7. Saiba controlar um disco e CD corretamente 
   8. Use currículo software apropriado em áreas contentes 
   9. Use um catálogo de biblioteca com ajuda 
  10. Entenda e use práticas seguras ao usar dispositivos de comunicação 
 
Ano 2
   1. Identifique usos de tecnologia em escola e casa 
   2. Demonstre respeito pelo trabalho de computador de outros 
   3. Saiba controlar um disco e CD corretamente 
   4. Demonstre uso correto de hardware e software 
   5. Identifique condições de computador fundamentais (disco, software, hardware, cursor, que calça as botas) 
   6. Em um teclado, demonstre o uso de chaves de carta, chaves de número, e chaves especiais como a chave de troca, delete/backspace, tecla de espaço, e chaves de seta 
   7. Use currículo software apropriado em áreas contentes 
   8. Use um catálogo de biblioteca com ajuda 
   9. Entenda e usa práticas seguras ao usar dispositivos de comunicação 
 
Ano 3 
   1. Identifique a função dos componentes físicos de um sistema de computador (monitor, teclado, unidade de disco, proprietário de CD, impressora) 
   2. Localize e use símbolo tecla e chaves de função especiais (período, ponto de interrogação, que bonés fecham, seta tecla, troque, ESC) 
   3. Demonstre postura de keyboarding correta e colocação de dedo nas chaves de fila de casa 
   4. Identifique processamento de textos condições (processamento de textos, abra, economize cursor, imprima) 
   5. Demonstre uso correto de hardware e software 
   6. Use currículo software apropriado em áreas contentes 
   7. Use um catálogo de biblioteca independentemente 
   8. Faça uso da Internet com ajuda de professor 
   9. Entenda e usa práticas seguras ao usar dispositivos de comunicação 
 
Ano 4
   1. Identifique tecnologia de modos muda as vidas das pessoas em uma comunidade 
   2. Entenda os assuntos éticos e acadêmicos de plágio 
   3. Identifique os componentes físicos de um computador 
   4. Demonstre postura de keyboarding correta e colocação de dedo nas chaves de fila de casa 
   5. Manipule imagens gráficas do internet inclusive economia, resizing, e inserindo em um documento de texto 
   6. Use um processamento de textos programa para carregar, entre, economize, e imprima texto 
   7. Use currículo software apropriado em áreas contentes 
   8. Demonstre uso correto de hardware e software 
   9. Use um catálogo de biblioteca independentemente 
  10. Faça uso da Internet com ajuda de professor 
  11. Entenda a necessidade para proteger informação pessoal de acesso eletrônico 
  12. Entenda e use práticas seguras ao usar dispositivos de comunicação 
 
Ano  5
   1. Identifique computadores como um modo para ter acesso informação 
   2. Entenda os assuntos éticos e acadêmicos de plágio 
   3. Demonstre técnicas de keyboarding submetendo tarefas de escritura completadas usando um processador de textos 
   4. Use um processamento de textos programa para editar um parágrafo, imprima, e exceto mudanças 
   5. Descreva a diferença entre um banco de dados de impressão e um banco de dados de computador 
   6. Use currículo software apropriado em áreas contentes para pesquisa e para organização de projeto (Inspiração) 
   7. Use um catálogo de biblioteca independentemente 
   8. Use a Internet como uma ferramenta de pesquisa 
   9. Entenda a necessidade para proteger informação pessoal de acesso eletrônico 
  10. Entenda e use práticas seguras ao usar dispositivos de comunicação 
 

CURRÍCULO, PROJETO E TECNOLOGIA


Uma abordagem global dos fenômenos educativos, uma maneira de pensar a educação que consiste em privilegiar a questão dos conteúdos ee a forma como estes conteúdos se organizam nos cursos .
Um currículo escolar é primeiramente, no vocabulário pedagógico anglo-saxão, um percurso educacional, um conjunto contínuo de situações de aprendizagem (learning experiences) às quais um indivíduo vê-se exposto ao longo de um dado período, no contexto de uma instituição de educação formal.  (...)
O currículo, escreve por seu lado P. W. Misgrave (1972), constitui na verdade 'um dos meios essenciais pelos quais se acham estabelecidos os traços dominantes do sistema cultural de uma sociedade', no mínimo pelo papel que ele desempenha na gestão do estoque de conhecimentos de que dispõe a sociedade, sua conservação, sua transmissão, sua distribuição, sua legitimação, sua avaliação" (Forquin, 1993:22)O campo do currículo é um espaço privilegiado de intervenções multiculturais. Nesse campo, práticas multiculturais são acionadas movimentando técnicas pelas quais as práticas cotidianas, os saberes, os hábitos, as crenças e os comportamentos, peculiares aos indivíduos, grupos e comunidades, são territorializadas. O currículo é um espaço muito especial, no qual as diferenças são administradas, adaptadas e acomodadas por tecnologias que buscam integrar os indivíduos e grupos em uma sociedade plural.
A territorialização das práticas cotidianas, dos saberes, dos hábitos, das crenças e dos comportamentos peculiares aos indivíduos, grupos e comunidades constituem-se em elementos imprescindíveis para a movimentação de técnicas de governar através das identidades. A teoria do currículo está implicada em formas de saber que, ao definirem e determinarem capacidades e aptidões a indivíduos particulares, os produzem enquanto sujeitos específicos: sujeitos com identidades.
Desta forma, elementos que caracterizam as culturas locais são capturados por técnicas de reconhecimento. Essas técnicas possibilitam identificar os grupos e as comunidades pelo controle de seus referenciais. Esses elementos são campos que precisam ser “dominados” para que entoações possam ser viabilizadas, acolhendo a diferença, representado-a, permitindo todas as conexões possíveis, porém, acima de tudo, harmonizando-as em circuitos de identificação.

Inserção das TICs


Hoje a rotina da Escola está muito mudada, existe uma nova dinâmica que cerca a Informática e seus recursos, pois é grande a procura de professores e alunos, pelo trabalho em laboratório, dando singularidade ao processo de ensinar e aprender, pois esta colocado no cenário e em sua realidade a oferta por estabelecer maior significado ao processo ensino/aprendizagem com os recursos oferecidos e disponíveis em toda a estrutura escolar.
Como professora de Informática percebo claramente que a chegada dessas tecnologias aliadas as práticas pedagógicas garantem um fazer/saber mais eficiente, com um significado ou resignificado de conceitos estanques e mesmo outros nem disponíveis antes da inclusão das TICs na Escola.
Então, concluo que essa prática promove nos alunos e em nós, uma abordagem integrativa de educação e nos leva a uma pedagogia crítica, por que, na mesma proporção que crescemos em conhecimento, rompemos com o censo comum e nos apropriamos de conceitos de construção individual e de identidade, os que nos torna capazes de reflexão e de mudança, na construção de uma nova sociedade e da construção de novas relações sociais.

Trabalho Tics Andréa Luciana Silva Unidade 4 Tutora :Maristelee




Proposta curricular para os anos iniciais e finais do ensino fundamental.


A nova linguagem cultural que vivenciamos hoje, e certamente prosperara nos anos que seguem, oportunizar aos alunos desde a infância até os anos finais de sua escolaridade, explorar seus processos de pensamento, criando com TIC’s uma nova variedade de soluções.
A partir de sua curiosidade e pensando no uso das tecnologias e suas possibilidades, os estudantes de todos os níveis de ensino usam e compartilham de um ambiente de aprendizado que os permitem criar novas soluções para problemas do cotidiano. O processamento, a forma de organização e as ferramentas adequadas garantem um aprendizado por meio de simulações e novas construções com o uso da tecnologia. Estas proporcionam às suas descobertas e os leva a autoria sobre as várias áreas do conhecimento.
Segundo o trabalho de Mitchel Resnick, que leva em conta que a sociedade atual é muito mais do que uma “sociedade da informação”, que segundo ele é preciso saber do uso à informação, passando assim a um conceito mais amplo denominado “Sociedade do Conhecimento” e ainda segundo este autor estamos agora buscando uma evolução para a “Sociedade Criativa”.
As pessoas precisam continuar aprendendo por toda a vida, e dando soluções criativas para seus problemas e necessidades”.
Diante desta nova modalidade de ensino na área da Informática esperamos contribuir na formação de sujeitos criativos e autores de sua própria história.


O computador:

Pode ser utilizado como fonte de informações. Existem inúmeros softwares que oferecem informações sobre assuntos em todas as áreas de conhecimento. Além disso, é possível utilizar a Internet como uma grande biblioteca sobre todos os assuntos.
Motiva os alunos a utilizarem procedimentos de pesquisa de dados — consulta em várias fontes, seleção, comparação, organização e registro de informações — que manualmente requerem muito mais tempo e dedicação; e também a socializarem informações e conhecimentos, uma vez que as produções dos alunos apresentam-se de forma legível e com boa aparência (a qualidade da apresentação convida à leitura);

O maior problema não diz respeito à falta de acesso a informações ou às próprias tecnologias que permitem o acesso, e sim à pouca capacidade crítica e procedimental para lidar com a variedade e quantidade de informações e recursos tecnológicos.

Conhecer e saber usar as novas tecnologias implica a aprendizagem de procedimentos para utilizá-las e, principalmente, de habilidades relacionadas ao tratamento da informação. Ou seja, aprender a localizar, selecionar, julgar a pertinência, procedência, utilidade, assim como capacidade para criar e comunicar-se por esses meios. A escola tem importante papel a cumprir na sociedade, ensinando os alunos a se relacionar de maneira seletiva e crítica com o universo de informações a que têm acesso no seu cotidiano.


Competências de pesquisa com as TICs:

Usar a Internet como uma ferramenta de pesquisa, e avaliar a validez do material localizado na Internet; 
Entender e descrever as diferenças entre  um site da web, um mecanismo de busca e uma base de dados on-line.
Demonstrar habilidades efetivas de busca na Internet, usando diversos mecanismos e técnicas avançadas de busca.
Avaliar  efetivamente a confiabilidade  da informação obtida na Internet.
Estar atento e ser capaz de usar as funções avançadas dos browsers de Internet (Firefox, Safari, IE, outros), como: impressão, preferências, várias abas, busca na página, etc.
Identificar a informação necessária para uma citação de fonte completa (autor, título, URL, datas de revisão e acesso)
Ser familiar com aplicações educacionais da Web 2.0, incluindo blogs, wikis, social networking, podcasts, tags, compartilhamento de arquivos etc.
Fazer uso efetivo de dicionários e enciclopédias on-line, bem como vídeos, áudio, simulações, etc.
Entender a permanente natureza pública da informação na Internet (arquivos, caches, 'informação sobre vírus), as implicações na segurança, e conceber resultados e conseqüências sobre a postagem de informação em locais de networking social como Youtube, facebook, blogs etc.
Explique segurança de Internet em condições pessoais;
Discernir entre o acesso ético ou não as informações nos computadores;
Compreender como as questões de segurança e de ética se relacionam com os projetos colaborativos de tecnologia;
Entenda os assuntos éticos e acadêmicos de plágio. 


CRIANDO COM AS TIC`s


OBJETIVO

                   Construir soluções criatiativas do cotidiano, expressando seu conhecimento e sua compreensão dos conceitos das várias áreas do currículo com o uso das TIC´s.


1ª CICLO ( 1º, 2º E 3º ANOS)

Desenvolver raciocínio lógico;
Incrementar o aprendizado das áreas do conhecimento;
Estabelecer soluções criativas e interativas dando seqüência ao processo de alfabetização;
Fazer simulações de situações por meio de sua autoria;
Enriquecer vocabulário.


2ª CICLO (4º E 5º ANOS)

Usar ferramentas que permitam criar a resolução de atividades nas diversas áreas do currículo;
Fazer a auto-avaliação de suas atividades;
Desenvolver habilidades de pesquisa, leitura, escrita, lógico-matemática;
Simular situações da vida real ou de fenômenos da natureza, construindo e aprimorando seus conceitos.

 3ª CICLO (6º E 7º ANOS)

Modificar continuamente suas atividades de forma a aperfeiçoar seus resultados;
Exercer suas habilidades de pesquisa, leitura, escrita, lógico-matemática com maior autonomia.

4ª CICLO (8º E 9º ANOS)

Produzir coletivamente, distribuir tarefas entre os parceiros e colaboradores;
Aplicar suas habilidades, trabalhar coletivamente para resolução das atividades;
Monitorar e avaliar suas atividades, registrar ajustes necessários com base nos critérios definidos coletivamente;
Dominar as TIC’s de maneira segura, eficiente e efetiva;
Estabelecer estratégias e definir os recursos adequados a serem utilizados na resolução de suas atividades.

USANDO - OBJETIVO:

Permitir a exploração dos recursos das TIC’s de forma eficaz a fim de capturar e manipular dados e imagens em suas atividades. Avaliar implicações éticas e legais da utilização das TIC’s, em diferentes lugares, tais como: casa, escola e trabalho. Avaliar os diferentes tipos de problemas e refletir sobre o uso das TIC’s para solução destes.



1º CICLO: (1º, 2º e 3º anos)

Cuidados essenciais com o uso do equipamento, tais como, conexões elétricas, discos, memórias, drives e mídias.
 Identificar corretamente cada parte do equipamento familiarizando com  os principais  ícones da Área de Trabalho.
Desenvolver a coordenação motora dominando o uso do mouse.

2º CICLO: (4º e 5º anos)

Organizar arquivos em pastas com nomes que tenham relação com o conteúdo do trabalho.
Usar as TIC’s para manipular imagens de forma quase autônoma.
Corrigir ortografia e formatação básica de suas atividades.

3º CICLO: (6º e 7º anos)

Usar os equipamentos e procedimentos com segurança e independência para propósitos bem definidos em diferentes situações.
Avaliar e selecionar ferramentas adequadas para maior qualidade na produção de suas atividades.
Criar e manter diretórios para organizar seus arquivos de dados, de modo a facilitar sua busca e recuperação.

4º CICLO: (8º e 9º anos)

Organizar e armazenar adequadamente seus arquivos de modo a permitir seu compartilhamento com outros participantes e/ou colaboradores.
Utilizar e proteger adequadamente seus arquivos armazenados, obedecendo às regras das TIC’s.
Aplicar técnicas, usar equipamentos e procedimentos que garantam o menor custo e maior desempenho.