TIC modalidade de ensino

1.                      No seu entender, que fatores ainda dificultam a adoção de práticas pedagógicas que favorecem o trabalho colaborativo usando os recursos da Internet em disciplinas presenciais?
São poucas as escolas que têm conseguido vivenciar práticas inovadoras capazes de ampliar os espaços de aprendizagem para além da sala de aula formal, eliminando as barreiras do tempo e espaço, criando e desenvolvendo verdadeiras comunidades de aprendizagem.
Neste novo cenário  novas formas de relações com outros participantes no processo de ensino aprendizagem na construção do conhecimento são urgentes e necessárias a democratização do saber na busca de superação de alguns princípios de sustentação dos modelos pedagógicos tradicionais proporcionado uma ambiente investigativo com interatividade e de comunicação conviver com o dinamismo mobilizando competências.
A avaliação do professor mediante aos pensamentos dos participantes diante a uma nova discussão, ressaltar as dificuldades na comunicação síncrona, trabalhando mais a assíncrona levando o aprendizado a qual o seu tempo.
O professor mediador deve mudar sua pratica imposta pela sociedade assentada em paradigmas conservadoras desenvolvendo necessariamente um novo modelo e especifico exercendo papeis diferentes, tendo uma postura de transmissão de conhecimento com muita clareza se modificando no ambiente online,tendo assim uma alunos bem sucedidos ativamente e envolvido na produção do conhecimento atitude e motivação é o impulso para um real aprendizado nesta nova etapa.
A objetividade no intuito do curso mediante aos professores disposto e capacitados nessa nova modalidade faz se necessário, a disponibilidade de materiais didático coerente os retornos de duvidas fazendo a educação a distancia terem sucesso, tirando toda e qualquer dúvida e preconceito ainda inseridos em nossa sociedade.

2.                      Há um ganho de tempo em sala de aula obtido com a disponibilização dos materiais pelo professor e a entrega de tarefas pelos alunos, através de Blog. Imagine que isso acontecesse em sua disciplina. Que tipo de atividades você poderia planejar usando algum recurso da Web 2.0 que estimulasse o trabalho colaborativo para o desenvolvimento de algum tema?
Certamente, ele poderá ser usado pelo professor como um importante instrumento pedagógico, sabemos que a  união do texto, do áudio e da imagem faz com que o papel do professor comece a ser repensado e aponta para um futuro no qual só há uma certeza: a mudança constante. à informação tecnológica sensorial e auditiva, de certa demonstração leve e de fácil acesso, e de portas para diversas compreensões, a busca de novos meios didáticos para uma educação, que ainda esta em processo evolutivo. Não podemos mais negar que as TICS estão em tudo que fazemos, forte aliado a quem faz BOM USO deixando as pessoas conectadas e informadas, um grande passa a formação acadêmica EAD, que tem muito valor, mas continuo questionando o andamento na EDUCAÇÃO BÁSICA partir do principio da capacitação aos profissionais deste seguimento, fazendo com que nossa geração tenha não somente lazer e sim um grande aproveitamento educacional de continuidade evolutiva.

Refletindo:
 Vou começar essa reflexão com Sampaio (1999) ressalta a relevância dessa pequena parcela na percepção da profundidade em que as diversas formas de interação evoluíram ao longo do tempo. A alfabetização tecnológica do professor, como chama a autora, envolve – além da realidade em permanente mutação – as tecnologias em constante aperfeiçoamento e diversificação. Portanto, o professor – em sua formação continuada – deverá buscar sempre inovações na área tecnológica, conceitos, conteúdos, métodos e práticas pedagógicas para aquisição das competências imprescindíveis na transformação do dizer teórico em prática consciente e crítica, no sentido de contextualizar as informações a serem transmitidas com a realidade do aluna do meu ver se torna cada vez mais importante uma alfabetização audiovisual, uma educação para a mídia, enfim, uma alfabetização tecnológica para interpretação e ação crítica ,juntos às novas tecnologias e formas de comunicação. (SAMPAIO, 1999).
Percebemos hoje uma série de limitações na formação do profissional de educação para lidar com as novas formas de comunicação.
Minha experiência em ser cursista ead foi de uma forma enriquecedora desde a forma de me planejar ao quanto a necessidade visual, dentro deste novo formato de aprendizagem descobri o quanto me agrega as mídias visuais e auditivas na ficção do saber, pensando nisso me remeti ao tempo de quando fui alfabetizado ,quando era tão mais simples aprender com associação dentro da Edu comunicação o termo usado da forma que os orientais mais valorizam.
Dentro deste contexto as webaulas tanto síncrona como assíncrona foram de qrande avalia, alem de termos todos conteúdos na midioteca,foi trabalhando com grande empenho e assiduidade no direcionamento,resumidamente uma forma autônoma e construtiva.

Pratica docente com uso da internet
Trabalhar em sala, porem, com criatividade  poderá explorar mais esses recursos.o importante é inovar e saber como e saber como utilizar os recursos disponíveis para mudar a abordagem pedagógica,preparando os alunos para atuar em uma sociedade complexa e em constante mudança.
Trabalhando com linguagens e codigos digitais o uso das tecnologias como ferramenta preciosa dando suporte e enfase num aprendizado atrativo,com recursos de links hiperlinks,plataformas digitais com uso na netiqueta no que se refere linguagem,
 Portanto, o professor – em sua formação continuada – deverá buscar sempre inovações na área tecnológica, conceitos, conteúdos, métodos e práticas pedagógicas para aquisição das competências imprescindíveis na transformação do dizer teórico em prática consciente e crítica, no sentido de contextualizar as informações a serem transmitidas com a realidade do aluno.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog